Autor: Misty Hudson

Orlistat para perda de peso: tudo o que você precisa saber sobre isso

Nos casos em que a obesidade é mais do que evidente, existem alguns medicamentos conhecidos por controlar o excesso de calorias que são absorvidas. Um desses medicamentos é o orlistat, substância descoberta a partir de um fungo que é capaz de impedir a aquisição de até 30% das gorduras ingeridas.

No entanto, como todos os medicamentos que afetam nossa fisiologia, o orlistat tem suas considerações e consequências. Embora não precise ser perigoso, exceto em certas situações específicas, ainda é uma droga e não deve ser usada levemente com o único objetivo de perder peso , sem qualquer outra consideração.

O que é Orlistato?

A versão comercial da tetrahidrolipstatina, uma enzima de um fungo chamada Streptomyces toxytricini , é conhecida por esse nome . Essa enzima é uma lipostatina, substância capaz de inibir a ação da lipase do fígado. Este órgão produz esta enzima para processar as gorduras alimentares A única maneira de absorvê-los é “quebrá-los” para que o intestino possa transportá-los.

Ao bloquear a ação dessas lipases, as gorduras “saem à medida que entram”, ou seja, são defecadas, pois não podem ser absorvidas. Isso nos permite reduzir a ingestão de lipídios e, com isso, as calorias que consumimos. Orlistat é tomado em forma de comprimido, na hora das refeições (ou um pouco antes), para exercer seu efeito no fígado.

Apenas parte da lipostatina entra no sistema, atuando na lipase. Estima-se que apenas 30% das gorduras ingeridas são “ignoradas” pelo sistema digestivo. Estes, como dissemos, saem com as fezes, dando-lhes uma consistência gordurosa, não firme e untuosa .

Orlistat pode ser comprado em farmácias sem receita médica. Devido à sua forte interação com o fígado, é um medicamento recomendado apenas em caso de obesidade e problemas graves de sobrepeso. Também tem efeitos sobre outros medicamentos, como antibióticos lipossolúveis, e ainda não foram descritos efeitos no caso de gravidez, portanto, recomenda-se cautela.

Como funciona a tetrahidrolipstatina?

Como dissemos, o fígado secreta uma enzima conhecida como lipase. Isso tem várias funções relacionadas às gorduras. Primeiro, é responsável pelo processamento de fosfolipídios e triglicerídeos, que são o transporte natural de gorduras no corpo (as gorduras não viajam sozinhas e livres). Além disso, é responsável por atuar como ligante, ou seja, como “auxiliar” na formação do colesterol.

São as moléculas de colesterol que capturam esses lipídios e os movem de um lado para outro do corpo . A lipase hepática está relacionada com a regulação da quantidade de lípidos no organismo. Orlistat, ao inibir esta enzima, significa que as gorduras da digestão não podem ser “recuperadas” pelas vilosidades intestinais.

Desta forma, a gordura continua sua jornada no intestino, dando ao material digerido uma enorme quantidade de matéria oleosa e inconsistente. Ao mesmo tempo, essa matéria, como não é absorvida, não passa para nossas reservas de gordura, portanto não conta como calorias ganhas, é claro.

Quais são as consequências de tomar Orlistat?

Em primeiro lugar, insistimos, este medicamento é recomendado apenas em caso de obesidade. Devemos consultar nosso médico antes de comprar o medicamento e começar a fazer testes inúteis. Por exemplo, estudos mostram que, embora você possa perder peso com o medicamento, você o recupera alguns meses após a interrupção. Isso está obviamente relacionado à dieta e adesão. Mas, além do possível efeito rebote, há outras consequências imediatas.

A primeira e mais irritante é, sem dúvida, a incontinência. Especialmente durante as semanas iniciais, recomenda-se que as pessoas que usam a droga usem roupas escuras. Isso ocorre porque o fluido digestivo se torna muito gorduroso e líquido, e os esfíncteres raramente podem contê-lo. Também causa ataques de flatulência e outros distúrbios digestivos devido à gordura acumulada.

Por outro lado, uma das consequências do Orlistat pode ser a má absorção. Existem muitos componentes lipossolúveis, incluindo muitas vitaminas. Estes não são bem absorvidos e, a médio ou longo prazo, pode causar um problema nutricional . O mesmo acontece com alguns medicamentos, com os quais pode haver um antagonismo (uma ação contrária uma à outra) ou uma interação adversa. Por exemplo, isso ocorre com alguns antibióticos, como cefalosporinas.

A tetrahidrolipstatina também pode causar uma reação adversa no estômago devido ao excesso de gordura, que pode terminar em gastroenterite aguda. Se você sofre de insuficiência hepática ou hipovolemia (má circulação orgânica, neste caso do fígado), também não é recomendado usá-lo, pois pode ter consequências drásticas.

Em suma, este produto só deve ser utilizado em determinadas circunstâncias específicas e sob supervisão médica . Caso contrário, devido à sua ação, podemos nos deparar com um problema imprevisto que termina em uma séria consequência para a saúde. Por fim, lembremos que não existem métodos mágicos para perder peso. Todas as rotas “rápidas” terminam no mesmo ponto: o efeito rebote. A única forma (e saudável) de perder peso é através de uma genuína mudança de comportamento, baseada na adesão.

Masturbador masculino – diferenças entre o masturbador manual e o automático

Só para deixar registrado, existem uma vasta gama de modelos e tipos quando falamos de masturbador masculino. Além disso, a escolha do modelo deve passar de acordo com a necessidade.

Como esse é um mercado aquecido e com cada vez maior procura, é importante saber que todos os dias são lançadas novas funcionalidades que buscam trazer cada vez mais sensações e prazer.

De fato, muitos homens relutam em utilizá-los, porém pesquisas têm demonstrado que cada dia que passa muitos estão dispostos a experimentá-los, não importando se será sozinho ou com a parceira.

Mas o que são os masturbadores masculinos?

Sendo bem franco com a resposta, um masturbador masculino nada mais é do que um brinquedo erótico voltado a proporcionar prazer para o homem, em outras palavras, eles têm como função principal substituir a masturbação manual convencional ofertando novas sensações aos seus usuários.

Além disso, existe um outro ponto bastante importante que deve ser retratado aqui, eles são feitos com materiais super macios e, dessa forma, permitem que as sensações sejam muito próximas da realidade.

Dica: como são sensações muito reais a utilização dos masturbadores masculinos deve ser feita juntamente com lubrificantes com base de água, não é necessário, mas pode ter certeza que sua experiência será muito mais profunda.

Masturbadores masculinos manuais

O masturbador masculino manual é um tubo, muito parecido com uma manga de camisa, o qual apresenta o seu interior revestido de silicone. A forma de utilização também é bastante simples, ou seja, você é que terá que manuseá-lo, basicamente igual a forma tradicional.

A vantagem do masturbador masculino manual é que ele apresenta em seu interior ranhuras internas que são posicionadas justamente para proporcionar muito mais prazer para o usuário.

Uma das vantagens que ele apresenta é que ele é bastante econômico, já que não apresenta nenhum atrativo além do material. Outra coisa que é preciso entender é que geralmente por serem muito mais simples do que a versão automática, esse tipo de masturbador masculino também são bem menores.

Masturbadores masculinos automáticos

Esse tipo de masturbador masculino é que realmente pode fazer com que você atinja um novo patamar de conhecimento sexual, afinal de contas, ele apresenta uma grande quantidade de propriedades diferentes dependendo do tipo de modelo que você pretende comprar.

Uma das características desse brinquedo sexual é que ele apresenta baterias ou deve carregá-las por USB. Graças a essas características ele apresenta um tamanho muito maior, já que precisa acomodar um motor, que é uma das partes mais importantes do masturbador, já que ele pode gerar sensações diferentes, como é o caso de vibração, calor, sucção ou ainda outros tipos de sensações.

Bom, obviamente com todas essas características o masturbador masculino automático é muito mais caro, mas também apresenta maior durabilidade, garantindo um período de utilização muito mais prolongado, podendo utilizá-lo ao máximo.

Outra vantagem do masturbador automático é que por apresentar algumas ventosas é possível utilizá-lo até com as mãos livres.

No fim, a utilização do masturbador masculino pode ser bastante útil para o seu usuário, já que traz inúmeras vantagens e benefícios.

Em nosso blog, veja mais informações.

 

Conheça os Melhores Planos de Saúde de 2022

Como já dizia o velho ditado popular, “com a saúde não se brinca”. Justamente por isso, é muito importante escolher uma seguradora que ofereça boas coberturas. Porém, saber qual melhor plano de saúde nem sempre é uma tarefa fácil. Assim, para encontrar a empresa com melhor proposta para seu bolso — e sua saúde —, é fundamental pesquisar.

Nesse contexto, é válido ressaltar também que, apesar de a maioria dos planos oferecerem serviços com preços acessíveis, em muitos casos, a rede credenciada pode não atender as necessidades dos segurados. Sendo assim, considerando a região onde vive, muitos desses planos podem ser incompatíveis com um atendimento de qualidade.

Portanto, se quer saber como encontrar um serviço de saúde que esteja alinhado às suas necessidades individuais, veio ao lugar certo. Confira, abaixo, mais detalhes sobre o assunto e veja uma comparação entre planos de saúde!

Como escolher o melhor plano de saúde?

Descobrir qual melhor plano de saúde pode, às vezes, ser uma situação circunstancial. No entanto, um bom parâmetro para definir os serviços de qualidade passa diretamente pela análise dos serviços que são cobertos. Em regra, quanto maior a sua rede credenciada, bem como os procedimentos cobertos, melhor será para o consumidor.

Contudo, outros fatores também devem ser colocados em pauta, como custo-benefício, qualidade do atendimento das operadoras, entre outros. Normalmente, os melhores planos de saúde contam com excelentes clínicas e hospitais em sua rede de parceiros, além de ter também profissionais extremamente qualificados.

Sendo assim, basta verificar, durante suas análises, as condições em que os serviços de saúde são oferecidos. Afinal, contar com um bom plano de saúde é fundamental para ter tanto maior segurança, quanto agilidade na hora em que a assistência médica se fizer necessária.

Em síntese, para descobrir qual melhor plano de saúde, uma boa dica é avaliar os seguintes aspectos:

  • analise as coberturas presentes em cada plano;
  • reflita sobre as suas necessidades ou de sua família;
  • avalie todas as seguradoras ao seu alcance;
  • investigue os profissionais, bem como as redes credenciadas;
  • veja a disponibilidade de solicitar reembolso; e
  • explore as opções de coberturas extras.

Qual o melhor plano de saúde?

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em pesquisa de ocorrências reportadas ao Reclame Aqui — site brasileiro de reclamações contra empresas — elaborou uma lista com os melhores planos de saúde para 2022. Abaixo, confira os principais deles:

1. Unimed

A rede de hospitais Unimed oferece uma ampla gama de convênios e serviços assistenciais para os seus segurados. Dentre outros, a empresa — que é referência em atendimento médico no país —, conta com serviços de atenção domiciliar, cuidados oncológicos, farmácia e acompanhamento à gestante.

Como diferencial, os planos de saúde Unimed oferecem serviço de transporte aéreo e permite, adicionalmente, que os dependentes do plano de saúde possam se beneficiar de todas as vantagens, ainda que o titular venha a falecer. Porém, atualmente o prazo para tal serviço é de cinco anos (contados a partir do falecimento do segurado titular).

2. Amil

Presente no mercado há quase 30 anos, a Amil é uma empresa especializada em serviços de assistência médica e tem, como destaque, o excelente desempenho administrativo e operacional em relação à gestão dos seus produtos.

Com uma ampla cobertura de abrangência nacional, a Amil também oferece coberturas internacionais, seja para planos empresariais ou individuais. Independentemente do gênero, o interessado pode contar com uma ampla cobertura, desde serviços clínicos médicos até odontológicos.

3. Porto Seguro

Presente no mercado de planos de saúde há mais de 70 anos, o Porto Seguro Saúde é uma operadora focada em planos coletivos e empresariais. Sua nota 7.6 na ANS e 7.7 no Reclame Aqui coloca a empresa como uma das principais operadoras em atividade no Brasil.

Comparação entre os principais planos de saúde

Agora que você já sabe que os melhores planos de saúde em 2022 são Unimed, Amil e Porto Seguro, confira, em detalhes, esses produtos:

Nome Unimed Amil Porto Seguro
Diferenciais Ideal para diferentes perfis Excelente custo-benefício Completo para empresas
Cobertura Ambulatorial, hospitalar ou ambos (com e sem obstetrícia) Não informado Ambulatorial + hospitalar com obstetrícia
Tipo de Contrato Individual ou familiar, empresarial e por adesão Individual ou familiar, empresarial e por adesão Empresarial e por adesão
Abrangência Nacional e regional Nacional ou regional Nacional
Reembolso Sim (para algumas opções) Sim Sim
Nota ANS 1/1 0,82/1 0,79/1
Nota RA 6,6/10 6,9/10 7,3/10

Fonte: ANS (atualizado em 01/2022)

Conclusão

Diferentemente do que algumas pessoas possam imaginar, ter um plano de saúde é bastante acessível e vantajoso, tendo em vista os benefícios que oferece. Embora fora da realidade financeira de muitas pessoas, é possível ter um plano de saúde que se adequa a diferentes perfis, basta pesquisar para encontrar qual melhor plano de saúde disponível.

 

 

Como Escolher a melhor Clínica de Reprodução

É cada vez mais comum ter que ir a uma clínica de reprodução assistida. Seja porque um casal tem problemas de fertilidade (aproximadamente 15%) ou porque optou pela maternidade sem companheiro ou com companheira , surge a necessidade de ir a uma clínica de fertilidade para realizar o seu sonho.

Você também deve ter em mente que pode precisar de uma clínica de fertilidade não apenas porque tem problemas para engravidar. Pode ser necessário porque em algum momento tomamos a decisão de manter nossos oócitos , porque decidimos adiar a maternidade ou por recomendação médica.

É nesse momento que nos fazemos a grande pergunta: Qual clínica de fertilidade devo escolher? A resposta mais lógica é: o melhor. Mas qual é a melhor clínica de reprodução assistida para mim? Depende das circunstâncias de cada um, embora haja uma série de fatores que devemos considerar ao escolhê-lo.

Você pode orçar um tratamento na melhor clinica de reprodução humana | Aproveite.

Seis razões para escolher uma clínica de reprodução assistida.

Aqui estão sete fatores que você deve considerar ao escolher sua clínica de fertilidade.

1- Tratamentos e instalações disponíveis

Idealmente, a clínica escolhida pode nos oferecer um tratamento completo. Ou seja, possui todas as técnicas de diagnóstico necessárias, bem como laboratório próprio e salas de cirurgia.

2- Equipe profissional

Além de uma excelente formação, neste tipo de clínica é muito importante que a equipa de profissionais seja simpática, compreensiva e acessível . É necessário que eles nos expliquem qual é o nosso problema e o tratamento que devemos seguir detalhadamente e com total clareza.

Outro fator importante é que recebemos um atendimento totalmente personalizado , portanto o mesmo médico é quem deve acompanhar todo o nosso tratamento.

3- Horários

É aconselhável que o centro tenha uma agenda ampla , pois não sabemos quantas vezes teremos que ir. Se o horário for de manhã e à tarde, ou ininterrupto, será mais fácil combiná-lo com o nosso dia-a-dia.

Além disso,   você deve contar com um serviço de emergência 24 horas para sanar eventuais dúvidas ou solucionar problemas que possam surgir ao longo do processo.

4- Taxas de sucesso

É um facto a ter em conta mas não devemos ficar obcecados com este aspecto , pois depende de vários fatores. O que devemos prestar atenção é que seja um centro que tenha certificados e reconhecimentos oficiais de qualidade.

5- Localização

A localização é algo que normalmente descuramos porque procuramos “o melhor” ou o mais conhecido, mas é um fator que deve ser tido em conta.

No momento em que tomamos a decisão de ir a uma clínica de reprodução assistida, não sabemos quanto tempo levará o processo. É possível que tenhamos sorte e que em pouco tempo tenhamos alcançado nosso objetivo. Mas também pode ser prolongado no tempo um pouco mais do que gostaríamos. Teremos que viajar para realizar exames diagnósticos, análises e controles hormonais, controles de ultrassom, coleta de amostras de sêmen, punções foliculares, transferências de embriões … nos beneficiará.

6- Preço

Os tratamentos de fertilidade podem representar um esforço económico significativo, pelo que podemos solicitar vários orçamentos e compará-los. É importante que a clínica de reprodução assistida nos forneça um orçamento detalhado para o tratamento . Eles devem nos explicar o que está incluso e o que não está para que possamos ter uma ideia mais próxima possível de quanto podemos investir no tratamento.

Algumas clínicas possuem mecanismos de financiamento , que facilitam o acesso a esse tipo de tratamento.

Em suma, escolher com critério e não ter dúvidas sobre as informações fornecidas pela clínica é fundamental.

 

Gerenciando medicamentos para saúde mental

É importante lembrar que os medicamentos não curam as condições de saúde mental. Eles podem fazer seus sintomas de doença mental desaparecerem ou afetá-lo menos, mas se você parar de tomá-los, seus sintomas podem voltar. Se algo sobre sua medicação de saúde mental o incomoda, é importante que você converse com seu médico ou conselheiro sobre isso antes de parar de tomar qualquer medicação, pois a interrupção repentina da medicação pode causar efeitos colaterais indesejados.

Precisa de medicamentos para seus tratamentos? Confira farmacia de manipulação.

Tipos de medicamentos para saúde mental

Existem seis tipos principais de medicamentos para a saúde mental:

  • antidepressivos – usados ​​para tratar depressão, ansiedade e alguns tipos de transtornos de personalidade
  • antipsicóticos – usados ​​para tratar esquizofrenia e, às vezes, transtorno bipolar e para ajudar a restaurar o equilíbrio químico do cérebro
  • estabilizadores de humor – frequentemente usados ​​para tratar pessoas com transtorno bipolar
  • depressores – usados ​​para ajudar as pessoas a se tornarem ou permanecerem calmas.
  • ansiolíticos – frequentemente usados ​​para tratar transtornos de ansiedade
  • estimulantes – usados ​​para tratar o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Quanto tempo levará para que os medicamentos de saúde mental funcionem

Estimulantes e ansiolíticos começam a funcionar rapidamente – dentro de algumas horas ou até menos. Eles permanecem em seu corpo por um tempo relativamente curto.

Os medicamentos antidepressivos costumam levar cerca de duas semanas para você sentir os benefícios. Pergunte ao seu médico ou farmacêutico para obter mais informações ou consulte as fichas de informações sobre medicamentos agora disponíveis on-line para obter mais detalhes. Os efeitos dos medicamentos podem variar para diferentes pessoas, dependendo do tamanho do corpo e do metabolismo. O seu médico irá querer vê-lo duas ou três semanas depois de começar a tomá-los para verificar se estão a ter impacto na sua doença.

Os antipsicóticos levam entre seis semanas e até alguns meses para que seus efeitos completos funcionem. Se lhe forem prescritos antipsicóticos, o seu médico irá querer vê-lo regularmente para verificar como está a passar.

É importante ser honesto e aberto com seu médico sobre como você se sentiu desde o início da medicação. Você pode se sentir tímido ou envergonhado de dizer a eles coisas pessoais para fazer com suas emoções e seu corpo, mas eles foram treinados para lidar com questões delicadas.

Efeitos colaterais e impactos a longo prazo dos medicamentos para a saúde mental

A maioria dos medicamentos de saúde mental ou psiquiátricos tem efeitos colaterais. Os mais comuns são:

  • dores de cabeça
  • ganho de peso
  • tontura
  • boca seca
  • espasmos musculares e cãibras
  • náusea
  • perda de desejo sexual
  • Prisão de ventre
  • sonolência ou problemas para dormir.

Informe o seu médico se tiver algum destes sintomas ou quaisquer outros que não tenha antes de tomar a medicação.

Alguns medicamentos podem ter outros efeitos se forem tomados por muito tempo. Ansiolíticos como Valium são viciantes e, se usados ​​por muito tempo, podem fazer coisas como:

  • deixá-lo deprimido ou paranóico
  • mude sua personalidade
  • dar-lhe dores de cabeça e náuseas
  • fazer você ganhar peso
  • danificar sua memória.

Como os medicamentos se misturam com outras coisas em seu corpo

Os produtos químicos em seus medicamentos podem interagir com produtos químicos em outras coisas que você está tomando – mesmo que seja apenas paracetamol para dor de cabeça ou comprimidos de vitaminas. Por isso, é muito importante informar ao seu médico tudo o que você está tomando.

Certifique-se de contar a eles sobre quaisquer outros medicamentos, vitaminas ou suplementos de ervas que você toma, bem como o que você tem comido e bebido, especialmente álcool.

Medicação no hospital e em casa

Quando você é internado no hospital, geralmente é porque está gravemente doente e precisa de tratamento extra para ficar bem. Enquanto você está no hospital, você geralmente recebe diferentes tipos e doses de medicamentos para o que você pode estar tomando ou será prescrito quando você estiver bem o suficiente para ir para casa. Você também tem pessoas dando seus medicamentos quando você precisa deles. Uma vez que você está em casa, você precisa gerenciar seu uso de medicamentos.

Uma vez que você está em casa, é muito fácil esquecer de tomar os medicamentos e a dosagem certa na hora certa, e você pode não ter pessoas com você o tempo todo para lembrá-lo. Algumas coisas que você pode fazer para ajudar a lembrar de tomar sua medicação na hora certa e na dosagem certa incluem:

faça um cronograma da semana com nomes de medicamentos, a dose, e em que dia e horário cada um deve ser tomado, e coloque na geladeira

coloque seus comprimidos em caixas de comprimidos com rótulos para a hora do dia e o dia da semana em que podem ser tomados

coloque lembretes ou compromissos em seu telefone para quando precisar tomar cada medicamento.

Mantenha consultas regulares com seu médico ou conselheiro para que todos possam acompanhar como está indo e como seus medicamentos estão funcionando para você.

Simulador de Plano de Saúde: Como Utilizar?

O simulador de plano de saúde é uma excelente ferramenta para te ajudar a cotar planos de forma simples, prática e rápida, já que se trata de um recurso oferecido gratuitamente e sem compromisso.

Ele é ideal para você identificar quais os valores aproximados que você terá que pagar mensalmente para usufruir do seu plano da operadora escolhida, visto que a mesma mostra um comparativo entre as empresas.

Portanto, se você está procurando por um simulador convênio médico está no conteúdo certo, visto que neste post você aprenderá:

  • O que é o simulador de plano de saúde?
  • Como usar o simulador de plano de saúde?
  • Posso confiar no resultado do simulador online do plano de saúde?

Preparado? Então, vamos lá!

 

O que é o simulador de plano de saúde?

O simulador de plano de saúde é uma ferramenta gratuita para cotação aproximada de valores de planos de saúde de diferentes empresas. Ela realiza um comparativo de preços entre as operadoras para que você possa identificar qual se adequa mais ao seu perfil e necessidades.

Em outras palavras, ela é um recurso facilitador para quem está procurando por cotação de planos sem compromisso algum com qualquer negócio.

Lembrando que o simulador convênio médico não faz a obtenção de seus dados pessoais, visto que é necessário passar algumas informações para a cotação, que veremos em detalhes no próximo tópico.

 

Como usar o simulador de plano de saúde?

Mas afinal, como usar o simulador de plano de saúde?

O primeiro passo é encontrar um bom simulador convênio médico na internet. O que não é uma tarefa tão difícil visto que existem inúmeras possibilidades, inclusive, de sites dos próprios convênios para facilitar a contratação.

Em seguida, você verá que o simulador pedirá algumas informações pessoais para realizar a cotação, como:

  • data de nascimento;
  • local que reside;
  • entre outras.

A partir da inserção de seus dados, que precisam estar totalmente corretos, visto que uma alteração no ano de seu nascimento, por exemplo, pode ocasionar em resultados diferentes, a ferramenta irá cruzar as informações com as operadoras e te mostrar os resultados.

Lembrando que você pode usufruir desse recurso de forma totalmente gratuita na internet, mas será que todos os simuladores são confiáveis? Entraremos em detalhes no próximo tópico.

 

Posso confiar no resultado do simulador online do plano de saúde?

O simulador convênio médico auxilia na escolha do plano para qualquer tipo de pessoa, indicando diferentes opções de coberturas e valores para facilitar a tomada de decisão da mesma.

Ela é ideal para você que está querendo realizar um comparativo de preços e benefícios entre as empresas. Mas, é necessário prestar atenção quanto aos prazos de validade, dado que as operadoras podem realizar mudanças em seus valores ou coberturas disponibilizadas.

Por isso, é recomendado que você utilize o plano de saúde simulação próximo ao período em que pretende contratar o plano em questão.

Além disso, é de extrema importância realizar uma verificação de qual site pertence tal simulador. Verifique se o mesmo possui certificado de segurança (https), e confirme qual empresa está por trás da ferramenta. 

Apesar de ser confiável, recomendamos que você entre em contato com um corretor parceiro para visualizar todas as informações antes de contratar, pois, o mesmo terá acesso a outras informações essenciais.

Para te ajudar nessa missão, confira o nosso simulador de planos de saúde com diversas opções para que você possa cotar sem compromisso, e encontrar o que melhor se encaixa com as suas necessidades e perfil.

 

Considerações finais sobre simulador de plano de saúde…

Para recapitular o que aprendeu neste conteúdo, confira abaixo os tópicos que abordamos:

  • O que é o simulador de plano de saúde?
  • Como usar o simulador de plano de saúde?
  • Posso confiar no resultado do simulador online do plano de saúde?

Fique à vontade para voltar a leitura sempre que achar necessário.

E claro, não deixe de conferir o nosso simulador de planos de saúde com diversas opções para que você possa cotar sem compromisso, e encontrar o que melhor se encaixa com o seu perfil.

Agora, é com você!

Também queremos saber a sua opinião, este conteúdo te ajudou? Deixe nos comentários. 

E caso tenha ficado alguma dúvida, fique à vontade para escrever também!

Até a próxima!

Como evitar acidentes causados pelo gás de cozinha?

Como evitar acidentes causados pelo gás de cozinha?

O fogão é provavelmente um dos eletrodomésticos mais úteis na cozinha, mas pode ser muito perigoso se não for cuidado.

 

Neste artigo, explicarei como evitar acidentes com gás de cozinha – tanto em empresas quanto em casa – e o que fazer em caso de vazamento ou explosão de gás.

 

O que você precisa saber sobre gás de cozinha

Fornos sujos e sem vigilância que são armazenados em ambientes fechados e sem ventilação apresentam maior risco de vazamentos.

 

O cheiro depois de um tempo se torna quase imperceptível, por isso pode levar muito tempo para uma pessoa perceber que está embriagada, podendo inalar uma grande quantidade, o que leva à morte.

 

Assim como o gás natural, o GLP é considerado perigoso e, portanto, deve ser manuseado adequadamente para evitar imprevistos. Quando usado corretamente, não produz fuligem, fumaça ou odor quando queimado, tornando o ambiente menos propenso a acidentes.

 

Por funcionar rapidamente e não aquecer o ambiente, o GLP acaba sendo conveniente para quem o utiliza, pois aquece um ambiente tanto quanto, por exemplo, a lenha ou o carvão, mas sem tanto trabalho. Por esse motivo, é usado em uma ampla variedade de campos, como:

 

  • Domesticado
  • Comercial
  • Industrial
  • Agrícola

 

Riscos associados

O GLP, ou gás de cozinha, tem um certo grau de perigo, assim como qualquer tipo de combustível. Os perigos mais comuns associados ao seu uso incluem explosões, incêndios e inalação de gases.

 

A fonte desses riscos geralmente é:

 

  • Má conexão da mangueira;
  • Cilindros danificados ou enferrujados, ou manutenção inadequada;
  • Armazenamento incorreto do cilindro, por exemplo, perto de fontes de calor.

 

Quando o gás não é queimado adequadamente ou é usado em ambientes fechados sem ventilação adequada, forma excesso de monóxido de carbono (CO), um gás incolor e inodoro que, quando inalado, se liga à hemoglobina no sangue.

 

Esse processo reduz a capacidade do sangue de transportar oxigênio, privando o corpo de oxigênio e envenenando todos na sala, incluindo os animais.

 

Alguns dos sintomas mais comuns causados ​​pelo envenenamento por monóxido de carbono são:

 

  • Fadiga e sonolência;
  • Respiração ofegante;
  • Dores de cabeça;
  • Náusea e dores no peito e no estômago;
  • Tontura;
  • Colapso e perda de consciência.

 

Manutenção e cuidados

Use eletrodomésticos e eletrodomésticos apenas para o uso pretendido: Nunca use o fogão ou o forno para qualquer outra coisa além de cozinhar, como aquecer sua casa ou secar roupas em um forno a gás.

 

Sempre guarde sua lata ou garrafa na vertical e certifique-se de ter pelo menos um extintor de incêndio em casa e no trabalho.

 

Você já tentou aquecer o forno, mas não funcionou? Desligue o suprimento de gás e deixe o ar escapar por pelo menos três minutos para permitir que o gás se dissipe antes de tentar reacender.

 

Evite explosões: 3 dicas que podem salvar sua vida

Acredite ou não, as explosões de gás acontecem com mais frequência do que vemos nos noticiários. Então, o que você deve fazer se ouvir um assobio ou o cheiro de gás em sua casa ou local de trabalho?

 

  • Desligue a mangueira ou o fornecimento de gás imediatamente;
  • Abra todas as portas e janelas da sala para que seja ventilada;
  • Ligue para o corpo de bombeiros o mais rápido possível para verificar.

 

Trabalhar com segurança

Garantir a segurança dos trabalhadores no local de trabalho requer algumas medidas necessárias, tais como:

 

  • Aquisição e instalação de equipamentos de gás de um fornecedor registrado e de acordo com as instruções do fabricante;
  • Manter registros detalhados de qualquer trabalho de manutenção realizado em tubulações e dispositivos;
  • Garanta ventilação e fluxo de ar adequados e verifique regularmente as conexões de gás.

 

É extremamente importante que os trabalhadores participem do protocolo de segurança fazendo sugestões e levantando questões relevantes.

 

Procedimentos de emergência

  • Quando sentir cheiro de gás, não tente acender o fogão para ver se há vazamento;
  • Não ligue ou desligue interruptores de luz;
  • Feche a válvula do cilindro, leve-o para fora se possível e espere a chegada dos bombeiros.

 

Em caso de incêndio

Em primeiro lugar, não entre em pânico! Tente conter o fogo com um extintor, mas se você não tiver um extintor ao alcance, use uma toalha úmida para apagar as chamas.

 

Ligue para o corpo de bombeiros e avise que houve um incidente com gás de cozinha. Abra as portas e janelas, deixe arejar e saia imediatamente.

 

Outras dicas gerais de segurança na cozinha

Tenha muito cuidado ao cozinhar com óleo ou gordura, pois eles podem inflamar quando aquecidos a altas temperaturas, e mantenha sempre seu fogão limpo.

Como evitar acidentes causados pelo gás de cozinha?

Nunca use água para extinguir incêndios causados ​​por gorduras ou óleos. A água pode fazer com que um incêndio se espalhe rapidamente e cause queimaduras terríveis.

 

Ao cozinhar, fique de olho na chama do fogão para que ela não se apague e o gás escape despercebido.

 

Legislação

O Brasil não possui leis federais sobre o uso de botijões de gás ou botijões de GLP, mas existem normas técnicas que testam e regulamentam as instalações e mecanismos de segurança.

 

Em 2007, a ABNT criou a norma NBR 15526, revisada em 2016, que estabelece os requisitos básicos para a implantação de projetos de canais internos de distribuição de gás, tanto em empreendimentos quanto em edifícios residenciais abastecidos por posto de gasolina ou gás dutoviário.

 

Quando se trata de leis estaduais ou municipais, pode-se dizer que certas partes do país possuem leis específicas sobre onde armazenar os cilindros, portanto, verifique se o seu estado ou município possui leis específicas sobre o assunto.

 

Continue lendo nosso site!

Dicas para manter a saúde dos olhos

Dicas para manter a saúde dos olhos

Existem muitas medidas e recomendações simples de saúde ocular que podemos tomar para prevenir ou pelo menos minimizar problemas de saúde ocular e evitar consequências mais graves.

 

No artigo de hoje, apresentamos algumas dicas que você precisa para manter a visão saudável. Monitorando!

 

Dicas para ajudar a proteger seus olhos

Existem algumas coisas que você pode fazer para manter seus olhos saudáveis, confira abaixo:

 

1. Visite seu oftalmologista anualmente

Lembre-se de que muitos problemas de visão não apresentam sintomas, por isso é uma boa ideia visitar um oftalmologista pelo menos uma vez por ano para um exame oftalmológico.

Dicas para manter a saúde dos olhos

É também a melhor maneira de diagnosticar e corrigir erros de refração que, se não forem controlados, podem causar fadiga ocular.

 

2. Use óculos antirreflexo

Mais do que um luxo, os óculos antirreflexo tornaram-se uma obrigação para os cuidados com a saúde ocular, pois evitam o cansaço excessivo dos olhos sob luz artificial. Recentemente, alguns estudos mostraram que a luz azul na retina acelera o envelhecimento dessas células, o que pode causar DMRI precoce.

 

3. Trate seus óculos como se fossem seus olhos

Quer sejam usados ​​o tempo todo, apenas para leitura ou para trabalhar no computador, os óculos devem estar sempre bem conservados e livres de arranhões.

 

Devem ser limpas com água e apenas com meios ópticos, pois outros produtos químicos podem danificar a lente.

 

4. Lubrifique os olhos

Durante o dia, os olhos podem perder a lubrificação e apresentar sintomas irritantes, como vermelhidão, dor e irritação.

 

Se você sofre de olhos secos, o melhor é usar algum tipo de colírio ou lágrimas artificiais para umedecê-los e ajudar a manter a visão saudável, mas lembre-se de que qualquer medicamento só pode ser prescrito pelo seu especialista.

 

5. Proteja seus olhos do sol

A radiação ultravioleta é a principal causa de várias doenças oculares que reduzem sua capacidade.

 

É importante protegê-los usando óculos escuros com protetor solar para bloquear esses raios.

 

6. Melhore sua dieta

Uma dieta rica em nutrientes ajuda fundamentalmente a manter uma visão saudável. Ácidos graxos essenciais, vitaminas e minerais protegem a retina e retardam o envelhecimento das estruturas oculares. A dieta não deve faltar:

 

  • Vitamina A, C, E;
  • Zinco;
  • Selênio;
  • Luteína;
  • Ômega-3.

 

Sem esses elementos, os tecidos do olho não podem ser mantidos adequadamente, o que é necessário para manter o olho saudável.

 

7. Limpe sua maquiagem

Maquiagem excessiva nas pálpebras e áreas ao redor dos olhos pode ter um efeito negativo sobre os produtos químicos que podem entrar nos olhos.

 

É extremamente importante eliminar esses alimentos todos os dias, pois podem causar problemas de visão e interferir na oxigenação da pele e dos órgãos da visão.

 

8. Controla a pressão arterial, colesterol e diabetes

Pessoas com hipertensão, colesterol alto e diabetes correm um risco maior de desenvolver vários tipos de doenças, incluindo doenças oculares.

 

São aspectos que precisam ser levados em consideração para manter uma visão saudável e evitar outros problemas mais graves.

 

9. Mais prevenção na velhice

É verdade que à medida que envelhecemos sofremos um declínio na qualidade da visão, mas há cada vez mais recursos clínicos e cirúrgicos na área da saúde para superar as muitas mudanças que estão ocorrendo.

 

Em vez disso, devemos pensar que os idosos podem desfrutar de uma vida de boa visão usando todos os novos recursos fornecidos pelo desenvolvimento da optometria.

 

10. Conheça o histórico médico de sua família

Algumas doenças oculares ocorrem em famílias, por isso é importante descobrir se alguém da sua família as teve. Isso pode ajudá-lo a determinar se você está em maior risco de desenvolvê-lo.

 

Lembre-se também de educar seus filhos

Educar as crianças e educar a população sobre os cuidados oculares necessários é garantir uma boa saúde da visão no futuro e a prevenção de inúmeras doenças dos órgãos do olho, como por exemplo a catarata que podem ser evitadas seguindo esses preceitos. risco de sofrer de qualquer deterioração na condição dos olhos.

 

Continue lendo nosso site!

Bioquímica: o que é?

Bioquímica: o que é?

A bioquímica, conhecida como a “química da vida”, pode ser entendida como o estudo das reações químicas que ocorrem nos seres vivos a nível celular. Portanto, é uma disciplina que estuda as interações entre várias moléculas e elementos que, ao final desses processos, são responsáveis ​​pela manutenção da vida.

 

Embora existam milhares de moléculas, a pesquisa bioquímica concentra-se em grandes grupos, como água, minerais, proteínas, vitaminas, lipídios, enzimas e ácidos nucléicos (RNA e DNA).

Bioquímica: o que é?

O conjunto de reações em que estes compostos interferem é chamado de metabolismo – processo fundamental de sobrevivência e reprodução dos seres vivos, uma vez que fornece suas necessidades estruturais e energéticas. Alguns exemplos de processos químicos importantes são o transporte de substâncias, a produção de energia e a remoção de substâncias.

 

BIOMOLÉCULAS

As biomoléculas são compostos que são sintetizados pelo organismo e fazem parte do metabolismo. De um modo geral, essas moléculas são compostas de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio, embora, é claro, outros elementos também estejam presentes.

 

CARBOIDRATOS

O grupo inclui açúcares. Sua principal função é servir como fonte de energia para os seres vivos (ATP). Os carboidratos também desempenham um papel estrutural, especialmente na formação de estruturas celulares e ácidos nucléicos.

 

Eles podem ser divididos em:

 

  • Monossacarídeos: carboidratos simples. Um exemplo é a glicose (C6H12O6).

 

  • Dissacarídeos: União de dois monossacarídeos. Quando essa ligação ocorre, uma molécula de água é liberada. Exemplos: sacarose, lactose e maltose.

 

  • Polissacarídeos: Formados pela combinação de mais de dois monossacarídeos para formar longas cadeias. São insolúveis em água.

 

Lipídios

Grupo formado por ceras, gorduras e óleos. São moléculas apolares, ou seja, pouca ou nenhuma solubilidade em água. Servem como reserva de energia e isolante térmico, além de fazerem parte da membrana plasmática das células.

 

ÁCIDOS NUCLEICOS

Compostos por nucleotídeos, são moléculas responsáveis ​​por armazenar informações genéticas, ou seja, RNA (ácido ribonucleico) e DNA (ácido desoxirribonucleico). Dentre suas funções, estão envolvidas na síntese de proteínas, atuam em processos celulares, regulam o metabolismo, etc.

 

Outras estruturas importantes dos ácidos nucléicos são as bases nitrogenadas, que se unem para formá-las. São eles: adenina, guanina, citosina, timina e uracila. É importante notar que o uracil está presente apenas no RNA, enquanto a timina está presente apenas no DNA.

 

PROTEÍNAS

São macromoléculas compostas por cadeias de aminoácidos. Eles possuem características como:

 

  • Catálise de reações enzimáticas;
  • celular;
  • Energia;
  • Estrutural (composto por células);
  • A formação de enzimas, anticorpos e hormônios;
  • Movimento (cílios e flagelos);
  • Suporte (por exemplo, colágeno na pele)
  • Transporte de substâncias (por exemplo, oxigênio no sangue).

 

SAIS MINERAIS

Compostos inorgânicos necessários para a vida. Sua principal função está na composição de estruturas como a membrana celular e no funcionamento de enzimas. Alguns dos sais minerais mais importantes são cálcio, ferro, iodo, sódio, potássio e outros.

 

Vitaminas

Eles estão envolvidos em várias reações no corpo e são necessários para prevenir problemas de saúde. As vitaminas podem ser solúveis em água (água), solúveis em gordura (lipídios) ou solúveis (ambos). Algumas vitaminas importantes: Complexo A, B (B1, B3, B6, B9 e B12), C, D, E e K.

 

ÁGUA

Composto inorgânico necessário à vida em todo o planeta, a água compõe mais de 50% da composição dos organismos vivos, sendo a substância mais comum na Terra.

 

Suas principais funções são:

 

  • Controle térmico;
  • substâncias dissolventes;
  • Lubrificação de juntas e outras estruturas;
  • sudorese;
  • Transporte de moléculas.

 

METABOLISMO

Mencionei anteriormente que a bioquímica estuda as reações químicas que ocorrem nos seres vivos e que esse conjunto de reações é chamado de metabolismo. Bem, as reações metabólicas produzem a síntese e a quebra de biomoléculas, ajudando, entre outras coisas, a produzir energia.

 

O metabolismo pode ser dividido em dois processos. Elas:

 

  • Anabolismo: Envolve as reações químicas de síntese de biomoléculas, ou seja, a transformação de uma substância em outra. Um exemplo é a produção de macromoléculas que compõem as células.

 

  • Catabolismo: São reações cujo objetivo é quebrar biomoléculas em estruturas menores para obter energia. O catabolismo pode ser dividido em catabolismo aeróbico (sem oxigênio) e anaeróbico (sem oxigênio).

 

Apesar de suas funções opostas, o anabolismo e o catabolismo formam um conjunto de reações que sustentam a vida de forma complementar: enquanto o catabolismo provoca a liberação de energia, o anabolismo utiliza essa energia para sintetizar biomoléculas.

 

Interessado na área? Confira o Curso de Bioquímica!

 

Continue lendo nosso site!

Odontopediatria: com que idade devo levar meu filho ao dentista?

Como você tem cuidado dos dentes do seu filho? Segundo especialistas em odontopediatria, os primeiros anos de cuidados bucais de uma criança vão influenciar muito na saúde dos dentes dele na fase adulta. Por isso, é fundamental que os pais ou responsáveis entendam a importância de incluir check-ups odontológicos na rotina das crianças.

Cuidar da saúde bucal é essencial para uma boa aparência, então não perca tempo e faça hoje mesmo um plano odontológico.

Para garantir que nenhum problema se instale na boca dos pequenos, é recomendado iniciar o acompanhamento assim que nasce o primeiro dentinho. O motivo é que o sorriso de uma criança começa a ser cuidado pela mãe já no período de gestação. Depois do nascimento, portanto, a consulta com o odontopediatra não pode demorar, para que a saúde bucal não fique descuidada.

Esse atendimento precisa iniciar mesmo antes do surgimento dos primeiros dentes, porque os pais terão acesso a esclarecimentos importantes. Exemplos de questões que deixam os pais em dúvida são o uso da mamadeira, da chupeta, do hábito de chupar o dedo, bem como de hábitos alimentares, tipos de pasta de dentes, incômodos do nascimento dos dentes etc.

A odontopediatria ajuda em diagnósticos e intervenções precoces de problemas bucais e oclusais da criança. Assim, quanto antes os pais puderem conversar com um profissional da área sobre os cuidados com a higiene bucal do bebê, trabalhar na prevenção de doenças, menor o risco de cáries.

É nessa primeira infância, também, que a odontopediatria pode resolver problemas de oclusão de maneira mais prática, sem reflexos posteriores. Isso evita que a criança precise permanecer com aparelhos ortodônticos por muitos anos ou haja necessidade de extrações, implantes etc quando adultos.

Leia Também: Melhores lugares para comer em São Paulo

Medo de dentista

Além de todas as vantagens relacionadas à saúde bucal da criança, a visita precoce ao odontopediatra traz outro benefício. Os pequenos acabam ficando mais familiarizados com o ambiente do consultório, com os dentistas e com os procedimentos.

Essa compreensão e identificação faz com que a criança não crie medo do dentista e tenha responsabilidade com sua saúde bucal. Por consequência, homens e mulheres terão menos necessidade de passar por processos restauradores e endodônticos causados por cáries.