Categoria: Utilidade

Bioquímica: o que é?

Bioquímica: o que é?

A bioquímica, conhecida como a “química da vida”, pode ser entendida como o estudo das reações químicas que ocorrem nos seres vivos a nível celular. Portanto, é uma disciplina que estuda as interações entre várias moléculas e elementos que, ao final desses processos, são responsáveis ​​pela manutenção da vida.

 

Embora existam milhares de moléculas, a pesquisa bioquímica concentra-se em grandes grupos, como água, minerais, proteínas, vitaminas, lipídios, enzimas e ácidos nucléicos (RNA e DNA).

Bioquímica: o que é?

O conjunto de reações em que estes compostos interferem é chamado de metabolismo – processo fundamental de sobrevivência e reprodução dos seres vivos, uma vez que fornece suas necessidades estruturais e energéticas. Alguns exemplos de processos químicos importantes são o transporte de substâncias, a produção de energia e a remoção de substâncias.

 

BIOMOLÉCULAS

As biomoléculas são compostos que são sintetizados pelo organismo e fazem parte do metabolismo. De um modo geral, essas moléculas são compostas de carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio, embora, é claro, outros elementos também estejam presentes.

 

CARBOIDRATOS

O grupo inclui açúcares. Sua principal função é servir como fonte de energia para os seres vivos (ATP). Os carboidratos também desempenham um papel estrutural, especialmente na formação de estruturas celulares e ácidos nucléicos.

 

Eles podem ser divididos em:

 

  • Monossacarídeos: carboidratos simples. Um exemplo é a glicose (C6H12O6).

 

  • Dissacarídeos: União de dois monossacarídeos. Quando essa ligação ocorre, uma molécula de água é liberada. Exemplos: sacarose, lactose e maltose.

 

  • Polissacarídeos: Formados pela combinação de mais de dois monossacarídeos para formar longas cadeias. São insolúveis em água.

 

Lipídios

Grupo formado por ceras, gorduras e óleos. São moléculas apolares, ou seja, pouca ou nenhuma solubilidade em água. Servem como reserva de energia e isolante térmico, além de fazerem parte da membrana plasmática das células.

 

ÁCIDOS NUCLEICOS

Compostos por nucleotídeos, são moléculas responsáveis ​​por armazenar informações genéticas, ou seja, RNA (ácido ribonucleico) e DNA (ácido desoxirribonucleico). Dentre suas funções, estão envolvidas na síntese de proteínas, atuam em processos celulares, regulam o metabolismo, etc.

 

Outras estruturas importantes dos ácidos nucléicos são as bases nitrogenadas, que se unem para formá-las. São eles: adenina, guanina, citosina, timina e uracila. É importante notar que o uracil está presente apenas no RNA, enquanto a timina está presente apenas no DNA.

 

PROTEÍNAS

São macromoléculas compostas por cadeias de aminoácidos. Eles possuem características como:

 

  • Catálise de reações enzimáticas;
  • celular;
  • Energia;
  • Estrutural (composto por células);
  • A formação de enzimas, anticorpos e hormônios;
  • Movimento (cílios e flagelos);
  • Suporte (por exemplo, colágeno na pele)
  • Transporte de substâncias (por exemplo, oxigênio no sangue).

 

SAIS MINERAIS

Compostos inorgânicos necessários para a vida. Sua principal função está na composição de estruturas como a membrana celular e no funcionamento de enzimas. Alguns dos sais minerais mais importantes são cálcio, ferro, iodo, sódio, potássio e outros.

 

Vitaminas

Eles estão envolvidos em várias reações no corpo e são necessários para prevenir problemas de saúde. As vitaminas podem ser solúveis em água (água), solúveis em gordura (lipídios) ou solúveis (ambos). Algumas vitaminas importantes: Complexo A, B (B1, B3, B6, B9 e B12), C, D, E e K.

 

ÁGUA

Composto inorgânico necessário à vida em todo o planeta, a água compõe mais de 50% da composição dos organismos vivos, sendo a substância mais comum na Terra.

 

Suas principais funções são:

 

  • Controle térmico;
  • substâncias dissolventes;
  • Lubrificação de juntas e outras estruturas;
  • sudorese;
  • Transporte de moléculas.

 

METABOLISMO

Mencionei anteriormente que a bioquímica estuda as reações químicas que ocorrem nos seres vivos e que esse conjunto de reações é chamado de metabolismo. Bem, as reações metabólicas produzem a síntese e a quebra de biomoléculas, ajudando, entre outras coisas, a produzir energia.

 

O metabolismo pode ser dividido em dois processos. Elas:

 

  • Anabolismo: Envolve as reações químicas de síntese de biomoléculas, ou seja, a transformação de uma substância em outra. Um exemplo é a produção de macromoléculas que compõem as células.

 

  • Catabolismo: São reações cujo objetivo é quebrar biomoléculas em estruturas menores para obter energia. O catabolismo pode ser dividido em catabolismo aeróbico (sem oxigênio) e anaeróbico (sem oxigênio).

 

Apesar de suas funções opostas, o anabolismo e o catabolismo formam um conjunto de reações que sustentam a vida de forma complementar: enquanto o catabolismo provoca a liberação de energia, o anabolismo utiliza essa energia para sintetizar biomoléculas.

 

Interessado na área? Confira o Curso de Bioquímica!

 

Continue lendo nosso site!

Como evitar e eliminar ferrugem

A ferrugem é uma destemida inimiga de sua residência, a mesma pode simplesmente aparecer em seus portões, grades, janelas ou até mesmo objetos domésticos como a geladeira sem você nem mesmo perceber, e você não está imune a ele por mais cuidadoso que seja; entretanto existem métodos que lhe ajudam a preveni-lo e também remove-lo caso o mesmo já esteja corroendo seus moveis, confira nesta matéria como lidar com essa reação química!

O que é ferrugem?

Primeiramente antes de combate-la é necessário entender este processo natural, a “ferrugem” é o nome dado para se referir á oxidação de ferro e este processo acontece quando uma estrutura de metal entra em contato com oxigênio, se essa estrutura tiver contato com a água o processo de oxidação é acelerado.

ferrugem

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por isso a ferrugem acaba sendo natural em portões por exemplo, em sua maioria feitas de metal que estão em contato com o oxigênio de nossa atmosfera e são expostos a água da chuva, sendo um alvo fácil para a oxidação. Entretanto existem processos que podem retardar a oxidação.

Além de causar um aspecto feio e corroer seu objeto metálico é importante citar que simplesmente ignorar a ferrugem é um erro até mesmo para a sua saúde e de sua família, se cortar com objetos metálicos por si só (sem a presença de ferrugem) já podem lhe causar problemas como o tétano, entretanto caso o metal esteja corroído pela oxidação as chances de você contrair a doença aumentam.

Como evitar ferrugem

O melhor e mais recomendado modo de se evitar a ferrugem é evitar que seus objetos enterrem em contato com a umidade, se possível evite o uso de água em abundancia ao lavar metais e quando fizer isso certifique-se de seca-los adequadamente.

Em cômodos como a cozinha por exemplo tente evitar que ela se torne úmida, a grande presença de metais como no fogão, geladeira, pia e até mesmo as panelas serão um foco fácil para a oxidação caso sua cozinha se torne um ambiente úmido.

Este é o método mais simples e comum de se evitar a ferrugem, entretanto existem formas e utensílios que podem lhe auxiliar neste processo, confira a seguir:

Tinta para evitar ferrugem

A 1° etapa antes de pintar o objeto em especifico é prepara-lo para receber a tinta, caso o equipamento já esteja corroído pela oxidação então lixe e escove a superfície em questão até que a mesma esteja livre ou parcialmente livre de toda ferrugem e após limpe com palhas de aço; mas NÃO passe a tinta por cima de toda a oxidação.

Após realizar o processo de limpeza procure por uma tinta especifica para metal, essa tinta será a primeira camada que irá precisar, após a utilização da mesma então você utiliza a tinta para se evitar ferrugens a mesma é comumente encontrada como “tinta esmalte”, esta segunda camada também pode ser feita com tintas de zinco e estanho.

Produtos para evitar ferrugem

Galvanização:

A galvanização é uma das melhores e mais eficientes formas de se evitar a ferrugem nos ambientes, o mesmo consiste num processo de colocar uma barreira de proteção entre o metal e os agentes externos; esta barra de proteção comumente é feita de zinco e é usada como um “sacrifício”, ou seja, apenas esta barra de zinco sofrera os efeitos da oxidação enquanto sua peça metálica continuara intacta.

Você também tem a possibilidade de realizar a galvanização a frio, a mesma é uma forma mais rápida, pratica e eficaz; a galvanização a frio é feita similar ao processo de pintura de um objeto e descarta assim a necessidade de uma barra de proteção como no processo tradicional.

Lubrificantes:

Se é possível a utilização de lubrificantes específicos no combate temporário da ferrugem, os lubrificantes são mais eficazes em máquina e equipamentos mecânicos como maquinas de lavar por exemplo, não possuindo muita eficácia em portões e janelas; caso deseje você pode remover o lubrificante de seu equipamento com o uso de desengraxantes.

Revestimento Epóxi:

Comumente utilizado para dar acabamento maior em pisos o epóxi também pode ser utilizado como um retardador da oxidação além de prevenir ataques químicos; naturalmente este revestimento é feito para ser resistente a solventes orgânicos, ácidos, gasolinas, óleos, entre outros; assim sendo muito utilizado em maquinas e equipamentos metálicos visando sua maior preservação.

como evitar ferrugem

Produtos para tirar ferrugem

Agora caso o material em especifico já esteja corroído ou parcialmente corroído pela ferrugem o trabalho será maior e precisara de outros cuidados em especifico, entretanto ainda há salvação para seu objeto.

Soluções caseiras para ferrugem em estágio leve

  • Bicarbonato de sódio:

    O poder de limpeza do bicarbonato de sódio pode ser capaz de eliminar a ferrugem, o bicarbonato possui a capacidade de dissolver as moléculas da oxidação de forma rápida e fácil. Utiliza-lo para remover manchas de ferrugem é fácil: faça uma mistura entre bicarbonato de sódio e água até que se forme uma massa, passe essa massa por cima da parte corroída e deixe agir por alguns minutos, após retire com água e um pano úmido.

  • Bebidas gaseificadas:

    O uso de refrigerantes pode ser realmente útil para a remoção de manchas de ferrugem, o mesmo acontece porque os refrigerantes possuem ácidos cítricos fortes o suficiente para remover tais oxidações. O processo de remoção consiste apenas em molhar um pano com qualquer refrigerante e esfrega-lo onde houver a corrosão até que a mesma seja neutralizada, após lave com água, sabão e seque adequadamente.

  • Vinagre de maçã:

    O vinagre de maça pode ser utilizado para remover oxidações de metais pequenos como talheres de cozinha; encha um recipiente com vinagre de maça e deixe o objeto enferrujado submerso por algumas horas ou de um dia para o outro, após apenas passe um pano e a ferrugem se soltara facilmente. Caso deseje tentar remover ferrugens de objetos maiores com o uso de vinagre de maçã a dica é molhar uma folha de papel alumínio no vinagre e então esfregar o local até que a ferrugem se solte.

  • Limão:

    Primeiramente espalhe sal sobre a área corroída e em seguida esprema um limão por cima, deixe com que esta mistura aja por algumas horas e após esfregue com a própria casca do limão utilizado anteriormente. Caso alguma de suas roupas tenham sido manchadas com ferrugem a utilização de limão para a remoção também é excelente; aplique o liquido do limão por cima da mancha e deixe agir apenas por alguns segundos, antes do liquido secar retire e esfregue com água.

  • Batatas:

    Sim! As batatas podem lhe ajudar a se livrar da ferrugem, corte uma batata ao meio e cubra a cubra a parte cortada com a pasta de bicarbonato de sódio vista anteriormente ou detergente, após esfregue até que a mesma elimine todo o óxido.

Produto específico para remoção de ferrugem

Caso a oxidação já esteja em um estagio mais avançado e as soluções caseiras não o tenham dado resultado você precisara recorrer aos produtos químicos para a remoção da ferrugem.

Os removedores químicos podem ser encontrados facilmente em casas de reformas, existem diversos tipos de removedores a venda e comumente são feitos a partir de ácido fosfórico ou oxálico. Estes produtos são eficientes, mas requerem um cuidado especial na hora de manuseá-los, podendo causar danos caso entre em contato com a pele.

Outro ponto importante para evitar a ferrugem é contar com objetos metálicos de qualidade, e metais de qualidade é o que você irá encontrar na empresa especialista em serralheria em Curitiba, lhe oferecendo serviços e produtos com a melhor qualidade para sua residência/empresa, conte com produtos como corrimões, grades, portas e muito mais.

4 dicas para o cabelo crescer mais rápido

É provável que você já tenha rodado a internet de cabo a rabo procurando dicas para fazer seu cabelo crescer mais rápido.

Cabelo caindo?

Para te ajudar a acabar com essa procura infinita de dicas e receitas caseiras, selecionamos a dedo 5 dicas que farão seu cabelo crescer muito mais rápido. Quer saber quais são elas? Continue acompanhando nosso texto para descobrir.

Se você já cansou de esperar o cabelo crescer depois daquele corte que deu errado ou simplesmente quer um cabelo longo e saudável para combinar com sua nova vibe, você precisa saber que a paciência é aliada de todas as dicas que vamos oferecer por aqui e a gente já te conta o motivo.

A paciência é uma grande aliada nesse processo porque nossos fios de cabelo tendem a crescer naturalmente pelo menos 1 cm por mês. Entretanto, essa média pode variar dependendo de hormônios, genética, vitaminas, estilo de vida e até mesmo se você está seguindo algum truque que colabore para o crescimento dos frios.

Antes de iniciarmos com todas as dicas e te falar passo a passo do que você precisa fazer para que seus cabelos cresçam com mais facilidade, é importante que você leve em considerações os fatores citados acima, e se possível, faça uma consulta com um dermatologista para saber exatamente qual o motivo para seus cabelos estejam demorando tanto para crescer.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Não lave o cabelo com água quente

Você provavelmente já cansou de ouvir que água quente prejudica não só os fios de cabelo, como também a pele. E esse fato é verdadeiro, os dermatologistas recomendam que a lavagem do cabelo seja feita com água fria ou morna.

Usar água quente para lavar suas madeixas faz com que a oleosidade natural do couro cabeludo seja eliminada, e sem a oleosidade, o couro cabeludo passa a produzir cada vez mais sebo e entope os folículos, e isso prejudica diretamente no crescimento dos seus fios.

Não utilize condicionador na raiz

Parece óbvio, mas muita gente ainda tem mania de usar condicionador na raiz. Quando passamos o condicionador direto no couro cabeludo, o produto pode entupir os folículos capilares, o lugar responsável pelo o crescimento dos fios. É importante que você aplique o condicionador somente no comprimento do cabelo. 

Tenha uma dieta saudável

A dica clichê de que a alimentação saudável contribui para o crescimento dos fios é verdadeira. Se sua saúde está em dia, é provável que seu cabelo cresça muito mais rápido que o normal. Mas detalhe: antes de criar uma dieta, é importante que você converse com um nutricionista para saber quais são as vitaminas e nutrientes que estão faltando no seu organismo!

De qualquer forma, é importante que você saiba que alimentos como salmão, sardinha, nozes e sementes são extremamente recomendados para quem deseja fios longos e saudáveis.

Aposte nas vitaminas

Como dissemos anteriormente, as vitaminas dão um grande gás para quem deseja que os fios capilares cresçam mais rápido. Elas são um dos principais fatores que proporcionam o crescimento acelerado dos fios.

Na hora de escolher a vitamina que vai dar o up que seu cabelo precisa, certifique-se de que ela tenha vitaminas C, B, E, B1 e B2, além de Biotina, Niacina, Ácido Pantotênico e Cisteína, como é o caso da Beautvip.

Agora que você já tem todas as cartas na mão, é hora de apostar nas nossas dicas e esperar para ver o melhor desempenho e crescimento dos seus fios capilares.

Gostou das dicas? Compartilhe o texto com aquela amiga que também está querendo cabelos longos e saudáveis!

 

Não sou casado e não tive filhos! Quem herdará meus bens?

HERANÇA: “é o conjunto de bens deixados pelo falecido; é todo o patrimônio que será herdado diante do falecimento de uma pessoa. Assim, o recebimento de herança é um direito que decorre do óbito de um indivíduo”.

HERDEIRO: “é aquele que tem direito a receber os bens deixados por quem faleceu, ou seja, é um sucessor da pessoa falecida”.

Em relação aos herdeiros, eles podem ser legítimos e/ou necessários. Os herdeiros legítimos são aqueles previstos em lei e seguem uma ordem de prioridade, sendo eles:

1º Descendentes (filhos, netos, bisnetos….)

2º Ascendente (Pais, avós, bisavós…)

3º Cônjuge/Companheiro (dependendo do caso, pode dividir a herança com descendentes e ascendentes)

4º Colaterais (irmão, sobrinho, tio, primo, tio-avô, sobrinho-neto.)

Os herdeiros necessários, são aqueles que – como o nome já diz – necessariamente receberão algum valor da herança, mas sempre respeitando a ordem de prioridade – que no Direito é chamada de ordem de vocação hereditária. Os herdeiros necessários são: os descendentes, os ascendentes e os cônjuges/companheiros.

Para facilitar o entendimento vamos analisar algumas possibilidades:

– João não é casado e não tem filhos, mas possui pais vivos. Nesse caso, os pais de João são herdeiros necessários. Em relação aos seus bens, João poderá, ainda em vida, fazer um testamento para decidir sobre como será divido seu patrimônio quando vier a falecer.

Nesse caso, como tem pais vivos, que são herdeiros necessários, João poderá dispor em testamento apenas 50% do seu patrimônio. No artigo “Você sabe qual a vantagem de se fazer um testamento?” (clique aqui) vimos que: “Quando a pessoa tiver herdeiros necessários (ex.: filhos, pais, marido/mulher) poderá dispor por testamento somente de 50% do seu patrimônio. A outra metade é chamada de “legítima” e será transmitida para esses herdeiros necessários.”

Portanto, João poderá deixar 50% do seu patrimônio para quem quiser e, os outros 50% serão divididos igualmente entre seus pais. Se não tiver pais vivos, mas tiver avós, estes serão considerados herdeiros necessários e receberão a mesma parte que caberia aos pais de João, e assim sucessivamente, em relação bisavós, etc, sempre em linha reta.

Se não houver nenhum ascendente como herdeiro de João, ele poderá dispor, em vida, de todo o seu patrimônio, para quem quiser. No entanto, caso João não queira fazer um testamento, seus herdeiros serão seus parentes colaterais: irmão, sobrinho, tio, primo, tio-avô, sobrinho-neto.

Leia outras informações aqui: quem são os herdeiros legais no seguro de vida

Ainda, em última hipótese, caso João não faça nenhum testamento, não tenha herdeiros necessários e, nem colaterais, a herança será destinada ao Estado e passará por procedimento específico até que se verifique que, efetivamente, não há herdeiro possível.

Ressalte-se que, no presente artigo, abordamos uma situação específica, mas é certo que, dependendo do caso concreto, podem ocorrer desdobramentos diversos. Por tal motivo, é extremamente importante procurar o auxílio de advogados especializados em Direito de Família e Sucessões.

Conheça os melhores restaurantes da Barra de São Miguel

Comer bem faz parte do pacote de uma boa viagem! Há, por exemplo, quem não troque por quase nada em um passeio a oportunidade de provar boa gastronomia, experimentar delícias da culinária local ou até clássicos da cozinha que são sempre ótimas opções.
No Litoral Sul de Alagoas tem um destino que super representar essa diversidade, então, conheça aqui os melhores restaurantes da Barra de São Miguel, visitando a cidade não deixe de se hospedar no village barra hotel.
A praia que é destino de muitos alagoanos e turistas de todos os lugares também reserva opções para curtir no café da manhã, almoço ou jantar, à luz do sol ou sob a luz da lua, as delícias de uma boa mesma. Confira nosso top 5!

Melhores restaurantes da Barra de São Miguel

 

Top 5 dos melhores restaurantes da Barra de São Miguel

Vem passar uns dias nesse paraíso e está em dúvida se serão bem servidos no quesito gastronomia?! A gente separou cinco dos melhores restaurantes da Barra de São Miguel para você saber que além do visual, também vai ser pego pelo estômago!

Restaurante Gungaporanga

Duas renomadas chefs alagoanas, Mariana Bernardes e Flávia Soares, assinam o cardápio do restaurante que está no alto das falésias e tem um cenário incrível para experimentar as delícias da culinária alagoana e clássicos da cozinha mundial. A natureza ao redor é a fonte de inspiração. Do mar vem alguns dos principais ingredientes do menu do restaurante do hotel: os frutos do mar, os protogonistas de pratos como o risoto de camarão com manga e fitas de coco e a clássica moqueca de peixe.
Se quiser petiscar antes da refeição principal, bolinhos feitos com massa de macaxeira e recheados com bobó de camarão e vinagrete, além de chips de macaxeira com carne de sol na nata. Outra maneira de desfrutar as delícias do Gungaporanga é começando bem o dia com o café da manhã a la carte – e que ainda pode ser desfrutado do seu quarto. Quer sabor e sofisticação? Vem conhecer nosso restaurante!

Pizzaria Fornaria

Uma pizza parece que sempre cai bem, não é?! A Fornaria é lugar super charmoso e aconchegante com um cardápio ótimo e variado para quem quer experimentar além do carro chef da casa, calzones e massas. Perfeito para harmonizar com um vinho e ir com a família inteira.

Praêro Beach Club

Um bom cardápio e com uma vista melhor ainda! O Prâero é um dos queridinhos do Litoral Sul. O beach club fica à beira mar e também está entre os melhores restaurantes da Barra de São Miguel e serve petiscos, drinks e delícias da culinária alagoana. Ideal para passar o dia e experimentar um pouquinho de tudo!

Macuípe Comedoria (Vila Niquin)

O restaurante funciona todos os dias, para almoço (a partir das 11h30) até o jantar (23h), com café regional, pizza e outras opções da cozinha brasileira. O lugar também tem cardápio de drinks, música ao vivo e funciona na Vila Niquin, um complexo de gastronomia e lazer na Barra de São Miguel.

BSM Steak (Vila Niquin)

Além de comer bem, se estiver a fim de experimentar uma cerveja artesanal, ou um vinho, o BSM é a melhor opção. A casa se posiciona como bistrô bar e parrilla – um sistema de grelhas usando pelos argentinos e uruguaios para fazer churrasco. No cardápio, carnes, hambúrgueres, saladas e muito mais. Nada mais justo que esteja no top 5 dos melhores restaurantes da Barra de São Miguel!

Emprego novo? 5 dicas para começar com o pé direito no trabalho

No primeiro dia de trabalho em um novo emprego, você só vai ter uma chance de causar uma boa primeira impressão. Alguns comportamentos e ações práticas podem ajudar a trazer resultados da maneira mais rápida possível – e são especialmente válidas para quem está no início da carreira.

Acesse a Jobtool para dicas sobre currículo, entrevista de emprego etc.

Já nessa fase, você pode começar a ganhar o seu espaço, mostrando o que realmente é capaz de agregar para o mercado. Hoje em dia, as empresas têm contratado muito mais pela capacidade de aprendizado e fit com a cultura do que por conhecimento, então, esses aspectos merecem uma atenção especial.

Para a Coach de Carreira Fernanda Thees, o primeiro emprego se encaixa muito no cenário acima, pois, por mais que o jovem já tenha feito um estágio ou outro, não dá para dizer que vai chegar em um primeiro emprego com experiência.

“Ele está sendo muito mais contratado pelo comportamento do que pela técnica. Por isso, é essencial entender que ele foi contratado porque tem características que combinam com o time, que são aceitas e valorizadas pela organização”, explica.

Como aproveitar a fase de adaptação no primeiro dia de trabalho?

Logo após a contratação, vem o turbilhão de novas informações: conhecer as pessoas que irão fazer parte da rotina de trabalho, se familiarizar com a cultura da empresa, aprender processos e se adaptar ao dia a dia… O início é sempre assim.

Para conseguir aproveitar essa fase em que tudo é novo da melhor maneira possível, Fernanda separou algumas dicas:

1. Seja educado

Alguns hábitos que parecem bobos fazem diferença quando se trata de educação organizacional. Busque se apresentar para as pessoas e quando for apresentado, preste atenção no que está acontecendo. Também é importante ter cuidado na forma como responde e-mails e se comunica, por exemplo, observando se cultura da empresa aceita ou não certa informalidade.

2. Pontualidade

Segundo Fernanda, embora esta dica possa parecer óbvia, essa fala é tão recorrente entre lideranças de empresas que é bom ficar atento. Especialmente no primeiro dia de trabalho, chegar atrasado pode causar uma impressão de descomprometimento difícil de ser apagada.

A reclamação pelo atraso de estagiários e jovens costuma ser recorrente por parte dos gestores, que pensam “se eu estou aqui às 8h30, por que ele não pode estar? É ele que está aqui para aprender”.

3. Perguntas, críticas e sugestões

No primeiro dia de trabalho, é natural que exista um alinhamento do que precisa ser feito. Durante esses momentos, tenha o cuidado de anotar as respostas para as dúvidas para não perguntar duas ou três vezes a mesma coisa.

Se conseguir identificar um problema ou aspecto que poderia estar funcionando melhor, leve soluções. Os gestores gostam disto. Por exemplo: por que não sugerir um formato novo para uma apresentação que tem um conteúdo excelente mas que está com a identidade visual antiga?

4. Mostre interesse

É sempre de bom tom demonstrar interesse pela nova atividade e pelo o que está sendo ensinado a você. Não há regras sobre o tempo em que você passará pela adaptação, porém é importante não estar fechado aos novos conhecimentos, oportunidades e atividades que a função demande.

Além disso, essa simples atitude também pode ser significativa para a compreensão do contexto. Assim, mais do que estar restrito apenas à própria área, é possível ter um melhor entendimento sobre toda a empresa.

5. Invista em conexões

Não apenas pelo networking, é sempre válido apostar em novas amizades e conexões também no ambiente de trabalho. Afinal, além de reforçar o espírito de equipe e colaboração, bons relacionamentos e conexões são importantes para o desenvolvimento pessoal e profissional.

Casos de Depressão: Como conseguir o Auxílio Doença?

A depressão é uma doença séria e, segundo a Organização Mundial da Saúde, é uma das mais frequentes na população mundial, o que a torna um verdadeiro problema de saúde pública da atualidade.

O quadro de depressão torna o exercício do trabalho inviável e isso pode levar o trabalhador ao afastamento. O segurado do INSS possui direito auxílio-doença e, dependendo do caso, até a aposentadoria por invalidez.

Quais são os sintomas da depressão?

  • Dificuldade de concentração
  • humor deprimido
  • pensamentos negativos
  • redução de interesses em atividades
  • redução motora e de fala
  • autoestima baixa
  • alterações no sono
  • irritabilidade
  • perda da motivação
  • pensamentos suicidas.

Como solicitar o auxílio doença por depressão?

O trabalhador precisa comprovar a incapacidade temporária para as atividades no trabalho. O funcionário precisa afastado por mais de 15 dias corridos ou intercalados dentro do prazo de 60 dias pela mesma doença.

Além disso, o trabalhador precisa ter realizado ao menos doze contribuições à previdência social, exceto os segurados que passem a ter incapacidade por conta do ambiente de trabalho.

Preenchendo todos os requisitos necessários, o funcionário precisará passar por uma perícia médica para que seja comprovada por um médico do INSS que ele é incapaz de trabalhar e se há possibilidade de reversão.

Caso não tenha uma melhora com o passar do tempo, o segurado pode requerer a conversão do auxílio doença em uma aposentadoria por invalidez.

Auxílio doença foi negado… e agora?

É até comum os pedidos de auxílio doença serem negados pela Previdência Social. Além disso, muitas pessoas não conseguem a conversão para aposentadoria por invalidez.

Em casos assim, o segurado pode entrar com um recurso ou processo na justiça para tentar conseguir a concessão dos benefícios que são direito de quem paga o INSS.

A depressão afeta diretamente a vida do paciente e a capacidade do indivíduo é reduzida e isso pode acabar tornando a produtividade muito abaixo do esperado. O trabalhador que sofre de depressão pode acabar tendo o seu quadro piorado se permanecer sem acompanhamento, uma vez que a cobrança excessiva, concorrência e prazos podem ser o estopim para uma crise.

Qualquer doença que torne o indivíduo incapaz de trabalhar, seja ela desenvolvida ou adquirida, e ultrapasse 15 dias, gera o direito de obter o benefício por incapacidade.

Na perícia médica por depressão, o que é analisado?

O médico verificará os transtornos que acometem o trabalhador, assim como as limitações que ele está vivendo e como isso poderá interferir em seu trabalho.

O benefício pode ser negado se o trabalhador não tiver o tempo suficiente de contribuição ou se for considerado que o transtorno não é uma incapacidade que afete o trabalho.

Por isso, é sempre importantíssimo falar sobre todos os sintomas, deixar claro quais são os remédios que você toma e quais foram as interferências médicas que você precisou passar por causa desta doença.

Esteja sempre de olho em seus direitos e nos deveres de sua empresa e também do INSS. Um profissional especializado na Previdência pode te ajudar a conseguir os seus benefícios.

E lembre-se: tanto para fazer o agendamento quanto para pegar o resultado, você vai precisar baixar e acessar o aplicativo do INSS para esse fim que se chama Meu INSS! Com ele você poderá resolver diversas pendências sem precisar necessariamente ir a uma agência resolver seus problemas.