Como Escolher a melhor Clínica de Reprodução

É cada vez mais comum ter que ir a uma clínica de reprodução assistida. Seja porque um casal tem problemas de fertilidade (aproximadamente 15%) ou porque optou pela maternidade sem companheiro ou com companheira , surge a necessidade de ir a uma clínica de fertilidade para realizar o seu sonho.

Você também deve ter em mente que pode precisar de uma clínica de fertilidade não apenas porque tem problemas para engravidar. Pode ser necessário porque em algum momento tomamos a decisão de manter nossos oócitos , porque decidimos adiar a maternidade ou por recomendação médica.

É nesse momento que nos fazemos a grande pergunta: Qual clínica de fertilidade devo escolher? A resposta mais lógica é: o melhor. Mas qual é a melhor clínica de reprodução assistida para mim? Depende das circunstâncias de cada um, embora haja uma série de fatores que devemos considerar ao escolhê-lo.

Você pode orçar um tratamento na melhor clinica de reprodução humana | Aproveite.

Seis razões para escolher uma clínica de reprodução assistida.

Aqui estão sete fatores que você deve considerar ao escolher sua clínica de fertilidade.

1- Tratamentos e instalações disponíveis

Idealmente, a clínica escolhida pode nos oferecer um tratamento completo. Ou seja, possui todas as técnicas de diagnóstico necessárias, bem como laboratório próprio e salas de cirurgia.

2- Equipe profissional

Além de uma excelente formação, neste tipo de clínica é muito importante que a equipa de profissionais seja simpática, compreensiva e acessível . É necessário que eles nos expliquem qual é o nosso problema e o tratamento que devemos seguir detalhadamente e com total clareza.

Outro fator importante é que recebemos um atendimento totalmente personalizado , portanto o mesmo médico é quem deve acompanhar todo o nosso tratamento.

3- Horários

É aconselhável que o centro tenha uma agenda ampla , pois não sabemos quantas vezes teremos que ir. Se o horário for de manhã e à tarde, ou ininterrupto, será mais fácil combiná-lo com o nosso dia-a-dia.

Além disso,   você deve contar com um serviço de emergência 24 horas para sanar eventuais dúvidas ou solucionar problemas que possam surgir ao longo do processo.

4- Taxas de sucesso

É um facto a ter em conta mas não devemos ficar obcecados com este aspecto , pois depende de vários fatores. O que devemos prestar atenção é que seja um centro que tenha certificados e reconhecimentos oficiais de qualidade.

5- Localização

A localização é algo que normalmente descuramos porque procuramos “o melhor” ou o mais conhecido, mas é um fator que deve ser tido em conta.

No momento em que tomamos a decisão de ir a uma clínica de reprodução assistida, não sabemos quanto tempo levará o processo. É possível que tenhamos sorte e que em pouco tempo tenhamos alcançado nosso objetivo. Mas também pode ser prolongado no tempo um pouco mais do que gostaríamos. Teremos que viajar para realizar exames diagnósticos, análises e controles hormonais, controles de ultrassom, coleta de amostras de sêmen, punções foliculares, transferências de embriões … nos beneficiará.

6- Preço

Os tratamentos de fertilidade podem representar um esforço económico significativo, pelo que podemos solicitar vários orçamentos e compará-los. É importante que a clínica de reprodução assistida nos forneça um orçamento detalhado para o tratamento . Eles devem nos explicar o que está incluso e o que não está para que possamos ter uma ideia mais próxima possível de quanto podemos investir no tratamento.

Algumas clínicas possuem mecanismos de financiamento , que facilitam o acesso a esse tipo de tratamento.

Em suma, escolher com critério e não ter dúvidas sobre as informações fornecidas pela clínica é fundamental.