Como problemas bucais afetam sua saúde

Uma boa saúde oral é essencial para o nosso bem-estar e qualidade de vida. Mas para que isso seja possível, é necessário prestar muita atenção com a higienização e com os devidos cuidados. Só assim será possível evitar o surgimento de problemas bucais severos. 

Afinal, como a boca é uma das principais vias de acesso para todo o organismo, o aparecimento de doenças bacterianas e de formações patológicas nos dentes ou nas gengivas, pode resultar no espalhamento de condições inflamatórias para todo o corpo.  

Isso porque, a cavidade oral é um local altamente vascularizado. Assim, os microrganismos infecciosos têm mais facilidade de se espalhar, causando doenças importantes nos pacientes.  

Por isso, além de investir em procedimentos, como o clareamento a laser valor, o cuidado com a saúde e integridade das estruturas bucais também é primordial para todos.  

Como os problemas bucais podem afetar toda a sua saúde 

Quando as pessoas pensam em problemas bucais, muitas vezes os relacionam a condições que interferem na aparência ou na estética do sorriso. Por isso, os procedimentos como a aplicação da faceta nos dentes têm ficado cada vez mais populares entre os brasileiros. 

No entanto, as cáries, gengivite, periodontite graves e a candidíase oral são patologias que além de interferir na beleza dos dentes, também danificam a integridade de todos os tecidos orais. 

Isso pode acarretar na perda dentária e em diversos sintomas extremamente incômodos para as pessoas.

 Mas o que muita gente não sabe é que essas condições também são capazes de se espalhar para outras partes do corpo, originando problemas sistêmicos que podem comprometer o bem-estar e até a vida dos pacientes.  

1- Doenças cardiovasculares 

Quando as bactérias bucais infectam o sistema circulatório da região e se espalham pelo corpo, elas são capazes de formar colônias em diversas estruturas, como nas paredes dos vasos sanguíneos e das artérias, ou na parte interna das válvulas cardíacas.  

Isso causa problemas importantes na passagem no sangue e na funcionalidade desses órgãos. Assim, os pacientes podem acabar desenvolvendo condições, como: 

  • Ataques cardíacos; 
  • Derrames; 
  • Entupimento das artérias coronárias; 
  • Aterosclerose; 
  • Lesões nas valvas cardíacas, entre outras. 

2- Diabetes

As doenças de origem metabólicas, como a diabetes, podem representar um risco enorme para o bem-estar dos pacientes e para a sua qualidade de vida. 

No entanto, o que muitos desconhecem é que o descuido com a saúde bucal pode ter um papel importante nessa condição. 

Segundo estudos realizados nos Estados Unidos, com mais de 200 participantes, as pessoas com diabetes apresentaram um nível mais elevado da doença periodontal, do que os pacientes que não sofriam com a patologia metabólica.  

Além disso, quem possui periodontites moderadas ou agravadas apresentam maior resistência ao controle medicamentoso do metabolismo e podem apresentar mais complicações com a diabetes.  

Deste modo, a eliminação dos cálculos dentários e a prevenção das inflamações gengivais, por meio do uso do fio dental e da higienização da lente de contato de resina, é uma necessidade importante para todos os pacientes.  

3- Parto prematuro 

As pacientes gestantes que desenvolvem a periodontia ou que já sofrem com esse problema no momento da concepção, têm duas vezes mais probabilidade de realizarem o parto prematuro e darem à luz a crianças com o peso abaixo do nível esperado.  

Isso se dá porque, em uma tentativa de defender o organismo, e o próprio útero, da ação bacteriana, o corpo passa a produzir uma quantidade mais elevada de prostaglandina. 

Essa substância, por sua vez, é capaz de combater esses agentes nocivos, mas também induz o parto.  

Por isso, é fundamental que o tratamento adequado seja realizado antes da gestação ou ainda no segundo trimestre de gravidez. Assim, é possível evitar riscos grandes tanto para a mãe, quanto para o bebê. 

4- Doenças degenerativas 

Estudos recentes, realizados em diversas partes do mundo, indicam que as doenças periodontais severas podem estar relacionadas diretamente com o surgimento de condições sistêmicas que causam doenças neurodegenerativas.  

A hipótese mais aceita é de que quando os microrganismos causadores da inflamação periodontal infectam o sistema circulatório da região, eles podem provocar uma produção exagerada de citocinas que modificam a função das células.  

Assim, o processo inflamatório no sistema nervoso central é intensificado e o paciente fica mais suscetível ao desenvolvimento de enfermidades como a demência, o mal de Parkinson ou o Alzheimer. 

Alimento foto criado por jcomp – br.freepik.com

Formas de prevenir essas complicações 

A melhor forma de lidar com essas doenças bucais é por meio da prevenção. Por isso, o investimento em cuidados individuais e profissionais é uma necessidade imprescindível para os pacientes de todas as idades.  

Assim, a escovação dos dentes, do aparelho transparente móvel e da língua deve ser feita três vezes ao dia ou após cada uma das refeições. Essa limpeza é crucial para a remoção da placa bacteriana e para o impedimento da formação do tártaro. 

Em conjunto com essas medidas, o uso diário do fio dental é uma etapa que não deve ser negligenciada, pois é a única forma de realizar a higienização dos sulcos gengivais – espaço entre o dente e a gengiva –. 

Além disso, a realização de consultas de rotina com o dentista deve ser uma prática recorrente mesmo para as pessoas que não possuem nenhum tipo de problema ou incômodo na cavidade bucal.  

Isso porque essas visitas são necessárias para a realização da limpeza profissional – que visa a remoção das formações bacterianas de locais mais difíceis –, para a aplicação do flúor e para uma avaliação minuciosa sobre a integridade das estruturas orais.  

Essas consultas também servem para sanar dúvidas, como lente de contato dental quanto custa, e para realizar o tratamento precoce de condições e doenças que podem representar riscos à toda a saúde dos pacientes.  

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.