Cuidados essenciais com o seu aparelho ortodôntico

O uso do aparelho ortodôntico é fundamental para realizar ajustes importantes nas estruturas ósseas-faciais. Ele permite que o dentista efetue a movimentação dos dentes, reposicionando-os no local mais apropriado e garantindo mais harmonia à mordida.

Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, esse tipo de intervenção odontológica é responsável por muito mais do que apenas melhorias cosméticas. Ela permite o aprimoramento da mastigação, dicção e ainda auxilia no processo respiratório.

Contudo, para que os resultados almejados sejam conquistados como o esperado, o uso do aparelho dentário móvel ou de modelagem fixa, exige a colaboração ativa dos pacientes.

Isso porque, os cuidados inadequados com a higienização bucal podem prejudicar diretamente a efetividade do tratamento.

Pois, o acúmulo de placa bacteriana e o desenvolvimento do tártaro pode provocar o surgimento de cáries, inflamações gengivais e doenças periodontais, que não somente comprometem a integridade estrutural dos dentes, mas podem exigir a interrupção de todo o cuidado ortodôntico.

Cuidados específicos que facilitam a limpeza bucal

A saúde bucal é essencial para a manutenção de dentes mais fortes, gengivas sadias e raízes mais íntegras.

E essas qualidades são cruciais para o bom desenvolvimento do tratamento ortodôntico, por isso os dentistas reforçam tanto a importância da atenção com a higiene oral.

Mas em conjunto com essas medidas, os pacientes também devem estar sempre atentos a outros hábitos e costumes que podem acabar danificando o aparelho de dente ou provocando o surgimento de estruturas bacterianas prejudiciais aos dentes.

Assim, para garantir um tratamento livre de imprevistos e um sorriso ainda mais radiante, é muito importante se atentar a cuidados, como:

 

  • Foque na escovação

 

A escovação é a principal forma de manter os dentes e o aparelho dentário de porcelana, livres dos resquícios de alimentos e da ação bacteriana.

Deste modo, é fundamental que os pacientes ortodônticos efetuem essa rotina, ao menos, três vezes ao dia.

 

  • Utilize os acessórios apropriados

 

Para que essa limpeza seja ainda mais otimizada, é indicado que todos os pacientes optem por escovas com cerdas macias, principalmente, para a higienização dos dispositivos móveis.

Contudo, quem possui o aparelho de dente fixo pode optar pelo uso da escova interdental, para facilitar a remoção de sujeiras que ficam acumuladas entre o acessório e os dentes.

 

  • Não negligencie o fio dental

 

Justamente por ser uma tarefa um pouco mais demorada e que exige mais atenção, o uso do fio dental é negligenciado por muitos pacientes.

Isso faz com que as gengivas fiquem a mercê da ação bacteriana, causando o sangramento gengival e a infecção da região.

Por isso, o fio dental deve ser sempre utilizado em conjunto com a escovação, seguido pelo bochecho com enxaguante bucal. A utilização de um “passa fio” pode facilitar ainda mais essa etapa, para quem tem o aparelho fixo.  

 

  • Reduza o consumo de alguns alimentos

 

A atenção com a alimentação é muito importante durante o tratamento ortodôntico, pois como a escovação fica um pouco mais dificultada.

Isso acontece especialmente quando as opções de aparelho não podem ser removíveis e o paciente tem mais propensão a desenvolver problemas bacterianos.

Por isso, opte por comer doces, tomar refrigerantes e chupar balas logo após as principais refeições, pois assim, quando for feita a escovação, os restos de açúcares e ácidos nocivos podem ser eliminados sem que as bactérias tenham a oportunidade de fermentá-los.

 

  • Atente-se à quebras e a perda do aparelho

 

Uma das grandes motivações do atraso na finalização do tratamento são as quebras e a perda dos dispositivos móveis.

Isso porque, nestes casos, o dentista deverá refazer a modelagem do aparelho ou recolocar os ferros que fazem a movimentação dos dentes e isso pode afetar todo o decorrer do processo.

As quebras podem ser motivadas por inúmeros motivos, entre os mais comuns são:

  • Armazenamento incorreto do aparelho móvel;
  • Costume de roer a unha ou a tampa de caneta;
  • Morder balas e pirulitos;
  • Prática de esportes sem proteção bucal;
  • Consumo de alimentos duros, como pipoca e oleaginosas.
Médico foto criado por diana.grytsku – br.freepik.com

Importância das consultas regulares com o dentista

O procedimento ortodôntico melhora diversos problemas no cotidiano dos pacientes, desde o acometimento de dores crônicas na cabeça, pescoço e costas, até o aparecimento de disfunções de crescimento e a dificuldade de concentração e aprendizado.

Por isso, é fundamental que as consultas com o especialista em aparelho dentário sejam feitas de forma regular, de acordo com as recomendações.

Caso contrário, o objetivo final pode não ser alcançado e o progresso realizado até o momento pode ser revertido.

Além disso, essas visitas são importantes para que o profissional analise com frequência a condição da saúde das estruturas bucais, intervindo precocemente no aparecimento de doenças e inflamações que podem prejudicar o andamento dos cuidados odontológicos.

O paciente também pode utilizar esses encontros para sanar dúvidas sobre outros tipos de procedimentos estéticos, como quanto custa restauração de dente ou qual é a viabilidade de conciliar as duas intervenções. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.